Financiamento

Diferenças entre os sistemas de amortização SAC e PRICE

Para quem pretende adquirir um imóvel através de financiamento bancário é muito importante entender quais são as principais diferenças entre os dois sistemas de amortização de dividas para financiamentos bancários. Sistema de amortização nada mais é que a correção monetária, e esse sistema trata de como o valor principal (que o banco te emprestou) vai ser pago ao longo do contrato.

O SAC (Sistema de Amortização Constante) é um sistema onde a amortização é constante e as prestações vão ser decrescentes . Já no sistema TP (Tabela PRICE), mais conhecido como Sistema Francês, as prestações são constante e o valor amortizado é crescente mês a mês. As principais diferenças entre os dois sistemas basicamente é que a tabela SAC tem a prestação maior que a Tabela PRICE e ela vai diminuindo durante o contrato e o valor abatido mensalmente do montante total é maior na SAC do que na PRICE. Ao final do financiamento, levando em consideração uma mesma taxa de juros, o valor pago fica em média 15% menor na SAC em relação a PRICE.

As duas opções oferecem vantagens e desvantagens ao cliente, a melhor opção vai ser a que melhor se encaixar as condições do mesmo. Nem sempre a contratação da tabela SAC é possível, pois ela tem a prestação mais alta e os bancos costumam fixar uma porcentagem máxima de até 30% do valor da renda mensal para comprometimento, então a mais vantajosa será a que melhor se encaixar na renda familiar bruta mensal.

Além das variações das tabelas de amortização, os contrato geralmente cobram correção monetária. Que é a correção do saldo devedor e das parcelas, elas podem ser pré-fixadas ou pós-fixadas. Pré-fixadas o banco faz uma estimativa e inclui nas taxas de juros do empréstimo. Pós-fixadas varia conforme os índices do mercado, como IGP-M, o IPCA ou a TR.

Ficou alguma dúvida?

Entre em contato pelo meu site.

Manara Corretor Digital

Manara Corretor Digital

No mercado imobiliário desde 2014, conhecida inicialmente como Manara Imóveis. Hoje eu, Anderson Manara, volto trabalhar como corretor autônomo, entrando em um novo nicho do mercado, com atendimento digital.